quarta-feira, 2 de abril de 2014

No ponto


Meu olhar se encanta 
com o belo.

Meu olhar se entristece
com o anti-belo.

Ser humano.
Bem e mal.
Açúcar e sal.

Como pode?

É um constante jogo 
de equilíbrio, para se 
manter sem salgar e 
sem adoçar demasiado...

O que é bom, tem que 
ser temperado.

No ponto.

Sem mais nem menos.
Racional.

By Adalmir Oliveira Campos 
adalmir-campos.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário