quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Eu gosto de escrever, e você, gosta de ler?


Eu gosto de escrever.
Muitas palavras vem à mente e me ponho a digitar.
Muitos esperam de mim lindos poemas.
Mas sou tipo que gosta de escrever.
Me entrego à consciência, à inspiração
e deixo fluir...

É certo que as vezes vem belas poesias.
Mas outras vezes não vem.
Vem textos de temas variados, que capto
deste mundo em construção.

São alertas, são orientações, são experiências
de vida, coisas de jardim e margaridas...
Borboletas e sonhos repletos de algodão doce,
bruxas más e princesas encantadas.

E assim vão saindo as palavras.
E eu permito.
Pois eu gosto de escrever.

Quando me sento diante do notebook ou do
meu caderno de arame de dez matérias...
O mundo que existe para mim esta entre
eu e eles, em mim e neles...
E assim as palavras, acentos, números
vão se formando como imagens
inicialmente tremulas e sem sentido...
E aos poucos estão com inicio, meio e fim.

E assim escrevendo me vejo sorrindo.
E assim escrevendo me vejo encantado.
E assim escrevendo me vejo criador
de textos, histórias e poesias, que ganham vida e
mais vida a cada dia na leitura que os que gostam
de ler fazem todos os dias.

Sou para a escrita...
Assim como muitos estão para a leitura e são
para a leitura...

E juntos nos completamos numa amizade que nos une.
E assim os textos ganham vida...
E assim os textos ganham o mundo.
E a leitura vai libertando e ajudando na construção
de um mundo cada vez melhor.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário