segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Eu, você e nosso amor...

(clique na imagem para ampliar)

Me revelo no encanto de um olhar.
Um olhar maduro simples e puro
De alguém que sabe o que é amar.

Foram muitos dias sofridos, de
amarguras e agruras no coração.

Que de viver, a vontade,
já foi de abrir mão.

Ai de mim se não fosse o
amor que sempre me norteou...
Seria queda, morte certa.

Mais o amor me salvou.

Nas escritas entre as linhas dos
cadernos cheios de sal de lágrimas
que corriam.
Veio a poesia que a dor esvaziou.

Foram rios de lágrimas, que a
saudade dispersou...
E assim novo amor ao coração
proporcionou.

Foram rios de lágrimas que
deram lugar a esses sorrisos que
agora vislumbro na face, ao
contemplar o quanto de bom
Deus me proporciona e proporcionou.

Sem falar do encontro de duas almas,
eu, você e nosso amor.

By Adalmir Oliveira Campos

Nenhum comentário:

Postar um comentário