sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Pequenino botão em flor

(clique na imagem para ampliar)

Agora a pouco que nasci.
Sou ainda um botão em flor.
Já vivi muitas experiências.
Confesso, fui mais feliz naquelas
em que depositaram amor.
Mais ainda sou botão em flor.
Tenho muito que viver.
Tenho muito para aprender.
Sou o encanto do jardim.
Devagar vou me abrindo e me expondo.
Aos poucos vou me revelando.
Mas não tem como deixar de vir
 a ser rosa um dia.
Sou ainda um botão em flor.
Serei ainda pouso para muitas
borboletas cansadas da jornada.
Serei ainda vista boa para fotógrafos.
Serei ainda admirado por
casais enamorados.
Sou ainda pequenino botão em flor.
Em busca de ser rosa quando
crescer e no mundo espalhar meu
perfume e muito amor.
Não tem como ser o contrário...
O que vale é que sou na minha essência.
Sou ainda pequenino botão em flor...
Assim como cada humano que nasce.
Assim como cada humano que
experiencia vida na terra.
São na essência partículas Divina,
e não tem como deixar de virem
a ser parte desse Deus um dia.
E assim, vão nesse experienciar
se achegando ao céu.

By Adalmir Oliveira Campos
adalmir-campos.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário