Seja bem vindo(a)!!!!

É um prazer recebê-lo(a) em meu Blog... Será uma alegria imensa se puder divulgá-lo aos seus amigos e amigas. Desde já fica o meu carinhoso agradecimento.

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

E o poeta... Ah o poeta


Eita poesia que flui neste mar de viveres.
Poesia que se mistura aos dizeres de um povo...
De um ser, 
De uma humanidade inteira.

Retrata amor, retrata a dor...
E assim retrata a vida e faz histórias.

Poesia que liberta mentes aflitas,
Almas que penam.
Homens e mulheres que sonham, que
choram e sorriem.

Poesia e poetas se completam,
se complementam como peças
de encaixe coloridas de brincar
infantil.

E assim correm rios de palavras...
E assim correm rios de emoções.
E o poeta...
Ah o poeta,
Este nunca se cala.
Solta a caneta e alonga o rio em mar, e
de mar a oceanos.

E faz história de histórias
que permanecem na memória
e assim constrói e reconstrói
esse povo, essa gente,
esses humanos crentes e descrentes
que buscam em Deus ao aprenderem
a viver em humanidade.

Poeta e poesia são, com rimas ou
sem rimas, mel a adoçar a vida,
num jardim que se rega à base
do amor, em canções de ninar,
num viver que caminha
para a harmonia.

E assim segue o poeta e a poesia...
Um a fazer o outro.

By Adalmir Oliveira Campos

adalmir-campos.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Amontoado

Eu sou um amontoado dos que vieram antes de mim, mas não sou os mesmos, muito menos serão eu, os que virão posteriormente. Somos c...

Meu álbum de Artes - Clique na imagem e seja direcionado ao álbum no facebook

Meu álbum de Artes - Clique na imagem e seja direcionado ao álbum no facebook
Artes em geral

Enviar para e-mail atualizações